Mudança de ciclo

A mudança de “ciclo” dói como um parto, tanto para quem está parindo, quanto para quem está se esticando para nascer, ou seja, o “velho” e o novo que se anuncia! Dói o corpo, a nuca, a anca, se fazem aberturas em meio ao dia. Se fazem dias de susto, constatação e vigília. A diferença […]

Paradoxo do grito

     Há rumores de que Munch não seria o verdadeiro autor da pintura expressionista de 1893, famosa por representar O Grito. A questão da autoria é sempre complicada. Como queria Freud: é a obra de arte que nos interpreta, e não nós a ela. No entanto, o que “grita” no momento é a singularidade […]

No início era o verbo, agora também

No início era o verbo, agora também A experiência do inconsciente é de domínio público, vez que qualquer um pode ser atravessado por lapsos de linguagem, surpreendido por sonhos enigmáticos, sofrer de sintomas corporais de origem psíquica e, principalmente, ser acometido pelo fato de se pegar fazendo coisas estranhas a si mesmo. A diferença se […]

Amargo doce

     A dietilamida do ácido lisérgico foi sintetizada pela primeira vez na Suíça, país de onde temos notícias dos mais elevados graus de suicídio no mundo inteiro. Em seu livro LSD, My Problem Child, seu descobridor, o químico Albert Hofman explorou importantes questões sociais que levaram a droga à completa ilegalidade na maioria dos […]

Whats up?

Whats up?       A primeira vez que ouvi a expressão “whats up” foi no Estado da Geórgia, Estados Unidos, lugar onde questões raciais são bastante acirradas. Era década de 90, portanto bem antes de Steve Jobs fazer acontecer sua fantástica invenção que desaguaria no, claro, fabuloso iPhone. A expressão ficou registrada com uma […]